Entrada Alunos

O Aluno

O Aluno
Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

PROCEDIMENTOS EM CASO DE SINISTROS/ ACIDENTES (SEGURO ALUNOS)

 

Em caso de sinistro/acidente grave, o sinistrado deverá ser assistido no Hospital Dr. Nélio Mendonça, indicando o nome da Companhia de Seguros - Açoreana Seguros e o número da apólice (APÓLICE nº 9600053971), posteriormente preencher a participação no Gabinete de Apoio ao Estudante para ser enviado à seguradora.

Sinistrados poderão ainda, ser assistidos na Clínica da Sé ou Clínica de Santa Catarina, sem terem de suportar qualquer custo inicial, para isso têm de se fazer acompanhar pela participação de sinistro, preenchida, assinada e carimbada.

 

Documentação obrigatória:

Cópia do cartão de cidadão ou bilhete de identidade;

Cópia do número de identificação fiscal;

Declaração emitida pela instituição bancária com número do NIB;

Relatório médico com informação clínica circunstanciada;

Apresentação dos recibos originais no caso de despesas com farmárcia, honorários médicos, clínicas, hospitais, et;

No caso de despesas de farmácia torna-se ainda necessário cópia da receita;

NOTA:

  • O aluno ao usufruir do serviço de ambulância deverá indicar o número de apólice e nome da seguradora, para que o serviço seja cobrado diretamente, não tendo de suportar qualquer custo inerente ao serviço.
  • Se o aluno optar por pagar o serviço de ambulância, obrigatóriamente, deverá solicitar a fatura/recibo para ser reeembolsado.

Coberturas e Capitais por Pessoa Segura:

  • Morte 25000 Euros;
  • Invalidez Permanente 50.000 Euros;
  • Despesas de Tratamento e Repatriamento 10.000 Euros;
  • Morte simultânea da Pessoa Segurado e Cônjuge 10.000 Euros;
  • Despesas de Funeral 5.000 Euros;
  • Despesas salvamento, busca e transporte 2.5000 Euros;
  • Responsabilidade Civil do aluno 10.000 Euros;
  • Responsabilidade Civil Exploração 50.000 Euros;

Deverá incluir:

  • Deslocações efetuadas para ações de formação, saídas de campos, visitas de estudo e demais eventos organizados pelo tomador.
  • Deslocações de alunos para estágios em empresas/instituições, integradas no plano de curso;
  • Deslocações e permanência de alunos no estrangeiro, ao abrigo de programas de mobilidade, para frequência de cursos ou estágios;
  • Atividades desportivas ou de convívio exercida fora das instalações, desde que promovidas pelo estabelecimento de ensino ou com a sua comparticipação;
 
 

 

Direitos e Deveres

Tendo como objetivo garantir a integridade física e psíquica dos alunos, docentes e restantes funcionários, assegurar o normal funcionamento da Universidade e a preservação dos seus bens patrimoniais e valores, foi criado o Regulamento Disciplinar dos Alunos da Universidade da Madeira.

Direitos dos Alunos (Artigo 3.º)

O aluno da Universidade da Madeira tem direito, nomeadamente:

  • a ser tratado com respeito e correção por todos os membros da comunidade académica;
  • a uma aprendizagem com justa e efetiva igualdade de oportunidades no acesso e sucesso e apoios educativos adequados às suas necessidades;
  • a participar nas atividades de caráter científico, cultural, formativo e desportivo organizadas pela Universidade, de acordo com as normas estabelcidas;
  • a conhececer a organização do plano de estudos e regulamento do curso, programa e objetivos essenciais de cada unidade curricular e processo e critérios de avaliação;
  • à valorização objetiva dos seues conhecimentos e competências, com possibilidade de revisão e reclamação;
  • a ver o seu trabalho reconhecido e devidamente referenciado, nomeadamente nas publicações resultantes desse trabalho;
  • a participar, através dos seus representantes, no processo de elaboração do projeto educativo da Universidade, das suas normativas e acompanhar o respetivo desenvolvimento e concretização;
  • a associar-se no âmbito da Universidade;
  • a ser pronta e adequadamente assistido em caso de acidente ou doença súbita ocorridos no âmbito das atividades académicas, ao abrigo da proteção garantida pelo Seguro Escolar.

Deveres dos Alunos (Artigo 4.º)

O aluno da Universidade tem o dever de:

  • tratar com respeito e correção todos os membros da comunidade académica;
  • dedicar-se à sua formação de acordo com os níveis de exigência vigentes na Universidade;
  • seguir as orientações dos docentes relativas ao seu processo de ensino-aprendizagem;
  • serem assíduos, pontuais e disciplinados no cumprimento dos horários, dos prazos e das tarefas que lhes forem atribuídas, participando ativamente nas atividades organizadas pela Universidade;
  • velar pela conservação e boa utilização de tosdos os bens da Universidade;
  • assumir as responsabilidades inerentes aos cargos representativos para os quais tenham sido eleitos ou nomeados;
  • observar os demais deveres previstos nas normativas internas, nos Estautos e na Lei;

 

Regulamento Disciplinar dos Alunos da Universidade da Madeira


Actualizado Sexta-feira, 18 Maro 2016 15:02